06 junho, 2012

Estudantes correm em mini-maratona solidária

Cerca de 750 kg de bens alimentares foram ontem recolhidos pela Associação Académica do IPB e Junta de Freguesia da Sé na Mini-Maratona Solidária de Bragança.
A iniciativa teve como objectivo angariar alimentos para algumas instituições de solidariedade social da cidade. Mais de 200 participantes aderiram à causa.“Não custa nada ajudar e é importante sensibilizar os estudantes para as dificuldades que algumas pessoas estão a atravessar”, refere Pedro. “Nesta altura de crise é importante sensibilizar os estudantes para ajudar os mais necessitados”, afirma Diogo Almeida. “Ajudar esta causa nobre que é contribuir com bens alimentares para as casas de solidariedade”, diz Rui Marques. Quem também participou foi a atleta Lucinda Moreiras referindo que “é uma boa causa e por isso cá estou”.A correr ou a caminhar, num percurso de seis quilómetros, o importante era ajudar. José Mário Moreno, da Associação Académica do IPB, destaca ainda a importância da iniciativa que além da vertente solidária contribui para a integração dos alunos de fora da cidade na comunidade académica.“Para nós é muito importante esta iniciativa que já fazíamos antes com o nome de Corrida Solidária, agora é Mini-Maratona, por isso é um pouco mais longa”, refere, acrescentando que “com esta crise é importante ajudarmo-nos uns aos outros”.
A Associação Académica do IPB recolheu 750 kg de bens alimentares que vão ser distribuídos por instituições de solidariedade social de Bragança.

Publicado em 'Rádio Brigantia'.

1 comentário:

  1. Maratona recolhe alimentos

    Cerca de 750 kg de bens alimentares foram recolhidos pela Associação Académica do IPB e Junta de Freguesia da Sé na Mini-Maratona Solidária de Bragança.

    A iniciativa teve como objectivo angariar alimentos para algumas instituições de solidariedade social da cidade. Mais de 200 participantes aderiram à causa. José Mário Moreno, da Associação Académica do IPB, destaca ainda a importância da iniciativa. "Já fazíamos isto com o nome de Corrida Solidária, agora é Mini-Maratona, por isso é um pouco mais longa”, refere, acrescentando que “a crise obrina-nos a ajudarmo-nos uns aos outros”.

    em Jornal Nordeste

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo