10 setembro, 2015

Primeira fase de acesso deixa indicadores positivos


A Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo (ESACT) de Mirandela viu serem preenchidas cerca de 42 por cento das vagas colocadas na primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior.
Relativamente ao ano passado, houve uma subida superior a 12 por cento de vagas preenchidas na mesma fase de acesso. Em 2014, a ESACT tinha colocado a concurso, 358 vagas, tendo sido preenchidas 108.
Agora, das 360 vagas, distribuídas pelos oito cursos lecionados naquele estabelecimento de ensino, 151 ficaram preenchidas, sobrando 209 para as restantes duas fases que ainda vão acontecer. O curso de solicitadoria foi o mais procurado. Das 54 vagas colocadas a concurso, nesta primeira fase, 53 já foram preenchidas, sobrando apenas uma para a próxima fase.
O pior desempenho, aconteceu nos cursos de Informática e Comunicação, onde das 24 vagas, apenas uma foi preenchida. No curso de Tecnologias da Comunicação, que só preencheu 3 das 25 vagas colocadas a concurso. Também o curso de Gestão e Administração Pública preencheu apenas 8 das 56 vagas colocadas a concurso nesta primeira fase.
Nos restantes quatro cursos, o de Design de Jogos Digitais preencheu metade das 60 vagas. Turismo tinha 45 vagas, com 23 a ficarem preenchidas. Marketing preencheu 20 das 36 vagas. Finalmente, o curso de Multimédia tinha 60 vagas, ficando preenchidas 13. Refira- -se que a ESACT de Mirandela também já vai contar, a partir do próximo ano letivo, com dois mestrados: Marketing Turístico, que terá 15 vagas, e o de Administração Autárquica, com 25 vagas. Os cursos e os mestrados já serão lecionados no novo campus. Uma obra orçada em 5 milhões de euros, suportados, em 85 por cento, por fundos comunitários e os restantes 15 por cento, assegurados pelo Município.

Publicado em 'Mensageiro'.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo