10 julho, 2015

Instituto Politécnico de Bragança vai receber mais 300 alunos de Erasmus


O Instituto Politécnico de Bragança vai receber pelo menos mais 300 alunos através do programa Erasmus que este ano prevê, pela primeira vez, a mobilidade de alunos de países fora da União Europeia, durante um ano.
A maioria destes estudantes virá da Europa de Leste, mas também de países como Marrocos, Tunísia e Brasil.
O IPB ficou em primeiro lugar na lista de instituições de ensino seleccionadas pelo programa Erasmus +, sendo contemplado com o segundo maior volume de financiamento para a atribuição de bolsas a estudantes. O IPB conseguiu uma verba de cerca de 600 mil euros, apenas sendo ultrapassado pela Universidade do Porto que obteve um financiamento de cerca de 870 mil euros.
O presidente do Instituto Politécnico de Bragança, Sobrinho Teixeira, não esconde a satisfação com o resultado obtido. “Estamos muito satisfeitos pelo facto de conseguirmos, na primeira vez que esta candidatura é feita, ter ficado em primeiro lugar, o que demonstra a aposta de qualidade, a nível internacional que o IPB está a fazer”, considera Sobrinho Teixeira.
No total, o programa Erasmus disponibiliza ao Instituto Politécnico de Bragança uma verba de cerca 1 milhão e 200 mil euros para programas de mobilidade. Sobrinho Teixeira destaca o facto da instituição de ensino ter vindo a desenvolver várias parcerias com instituições de ensino superior de vários países, sendo hoje reconhecido a nível internacional. “Esta classificação deve-se também ao facto de já termos um historial de cooperação no passado. Foi analisado o mérito da candidatura e ela já estava consolidada numa série de parcerias que o politécnico tinha já realizado com instituições desses países”, frisa o presidente do IPB.
Espera-se que mais de 1500 estudantes estrangeiros frequentem o IPB no próximo ano lectivo.

Publicado em 'Rádio Brigantia'.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo